Artigos

{Quinta-Sama} O Dia Internacional do Rock… e os animes!

| por:

Postado em: #Animes #Curiosidade #Especiais #Fãs #Música #Vídeos

Aumente o volume! Vamos comemorar O Dia Internacional do Rock com alguns animes que tem o bom e velho estilo musical em seus enredos! É dia de Rock bebê!

Olá pessoal, depois de muito tempo sem meu artigo de todas as quintas-feiras, o {Quinta-Sama}, resolvi hoje postar algo, afinal, é dia de Rock bebê! No artigo de hoje, vou relembrar alguns animes que fizeram sucesso não apenas pela animação ou história, mas também são lembrados pelas suas bandas que lá apareceram e que com certeza venderam muitos CDs ainda por cima. Desfrute do artigo como um mero passatempo musical. Divirta-se!
Rock anime - ho-kago tea time - k-on!

Neste dia 13 de Julho comemoramos o Dia Internacional do Rock. Dia de colocarmos as caixas no último ao som de Elvis Presley, Kurt Cobain, Freddy Mercury, Ramones, Jimmy Hendrix e outros tantos grandes que já estão tocando suas guitarras e soltando as suas vozes no andar de cima, mas sem esquecer é claro dos que estão por aqui, afinal o rock nunca vai morrer!

Mas a nossa praia é animes e é claro, não poderíamos deixar a data passar em branco. Então, vamos relembrar algumas séries que tiveram guitarras, baixos, baterias, vozes ardentes e multidões enlouquecidas no mundo dos animes!

  • Legend of Black Heaven

Rock anime - Legend of Black HeavenAno: 1999
Gênero: Aventura, Comédia, Sci-Fi, Slice-of-Life
Escrito por: Mizuhiro Yamada
Direção: Yasuhito Kikuchi
Musicas: Koichi Korenaga
Estúdio: AIC
Episódios: 13.

Tanaka Oji era ninguém menos que Gabriel Tanaka, ou simplesmente Gabe, guitarrista da Black Heaven, conjunto de “heavy metal” que desfrutou de um sucesso fenomenal no passado. Os tempos de glória são apenas história, e Oji precisa conviver com a dura e monótona realidade…

Mas o futuro reserva algo para nosso amigo Oji… nada menos que a salvação do Universo! Pois é, algumas belas e gostosíssimas protetoras vindas do espaço aparecem de supetão e explicam a Oji que ele é a “Fonte do Som”! Yeah, baby! A poderosa guitarra de Oji, aliada ao seu incrível “feeling” enquanto toca e à sua indefectível palheta improvisada (uma moedinha de 10 centavos!), produz a única freqüência no universo capaz de ativar o super-canhão da força espacial alienígena que luta contra invasores malignos provenientes de outras bandas espaciais.”


Ano: 2006 a 2007 (anime), 2005 e 2006 (filmes)
Gênero: Romance, Drama, Josei
Escrito por: Ai Yazawa
Direção: Morio Asaka
Musicas: n/d
Estúdio: Madhouse
Episódios: 47

A série conta a história de duas garotas de diferentes personalidades, ambas chamadas Nana, que acabam se tornando amigas “por obra do destino”.

Komatsu Nana é uma jovem comum. Gosta de sair para as compras, conversar e namorar. Seu jeito infantil e dependente faz todos a seu redor se aproximarem e se preocuparem. Seu sonho é viver com seu namorado e conquistar a tão sonhada independência.

Oosaki Nana é uma jovem incomum. Seu estilo gótico-punk e beleza a destacam em meio a multidão. É dona de uma voz poderosa e vocalista de uma banda de punk-rock. Seu objetivo é se mudar para a capital japonesa e viver de sua música lá.


Ano: 2017
Gênero: Drama, Ecchi, Escolar, Romance, Shounen, Música
Escrito por: Kouji Seo
Direção: Keizou Kusakawa
Musicas: Takurou Iga
Estúdio: Diomedéa
Episódios: 12

O protagonista, Yuu Haruna, muda-se para uma nova cidade onde conhece uma garota um pouco estranha que não tem telefone. A menina, Fuuka, parece ter um fascínio estranho que atrai as pessoas, muito parecido como uma brisa de verão. Parece que Yuu foi apanhado numa louca história de amor!

Um anime legal, cheio de drama e reviravoltas e que tem a música como plano de fundo. Vale destacar a voz da seiyuu Lynn, que dá a voz da protagonista e canta de maneira impactante. Quem não viu ainda, recomendo dar uma olhada.


Rock anime - girls dead monsterAno: 2010
Gênero: Ação, comédia, drama, fantasia, romance
Escrito por: Jun Maeda
Direção: Seiji Kishi
Musicas: Aniplex
Estúdio: P.A. Works
Episódios: 13 + 2 OVA’s

Angel Beats se passa em um lugar pós-morte, onde o protagonista Otanashi acorda, porém sem memórias. Ele se encontra em um lugar que aparentemente é uma escola, mas na verdade é um meio termo entre o céu e a terra. Otonashi conhece uma garota chamada Yuri, que o convida para juntar-se a SSS-Shinda Sekai Sensen, uma organização que tem como objetivo lutar contra os anjos e tomar o poder desse misterioso lugar.

Um dos destaques é a banda “Girls Dead Monster”, formada por estudantes desse mundo, onde elas são uma espécie de arma de distração para o grupo SSS poder entrar em ação. O que vale levar em conta são as músicas dessa banda que fazem parte do OST do anime que são excelentes e agitam não só os estudantes fictícios, mas também os fãs aqui do mundo real. Todas as músicas foram compostas por Jun Maeda, autor da série:


GTA - K-onAno: 2009 a 2010 (anime), 2011 (filme)
Gênero: Slice-of-Life, comédia, Seinen, Musica
Escrito por: Kakifly
Direção: Naoko Yamada
Musicas: Pony Canyon
Estúdio: Kyoto Animation
Episódios: 39 + 1 OVA e 1 filme

A história de K-ON! se desenvolve ao redor de quatro garotas, estudantes do ensino médio, que entraram no clube de música leve para tentar salvá-lo de ser suspenso. Entretanto, elas são apenas membros do clube, e nenhum delas tem experiência alguma com tocar instrumentos ou ler partituras. Este clube é formado pela guitarrista Yui Hirasawa (Aki Toyosaki), a baixista Mio Akiyama (Yoko Hikasa), a baterista Ritsu Tainaka (Satomi Sato) e a tecladista Tsumugi Kotobuki (Minako Kotobuki). Após 1 ano da formação da banda, uma outra guitarrista chamada Azusa Nakano (Ayana Taketatsu) também se junta as garotas,  que dão o nome da banda de “Ho-kago Tea Time” (Hora do chá depois da aula).

Pode-se dizer que esta é uma das bandas fictícias mais bem sucedidas dos mundos dos animes, já que mesmo com o término da série, as seiyuu’s fizeram várias apresentações pelo Japão e gravaram 11 singles. Realmente, é um clube de musica leve, que de leve não tem nada! Basta ouvir as músicas-temas de encerramentos da série de anime:


Rock anime - Detroit Metal CityAno: 2008
Gênero: Comédia, música
Escrito por: Kiminori Wakasugi
Direção: Hiroshi Nagahama
Musicas: Takayuki Hattori
Estúdio: Toho Animation / Studio 4C
Episódios: 12 + 1 filme live-action

A história é de uma banda Indie chamada Detroit Metal City e o seu vocalista endemoniado Krauser, que na verdade é o alter-ego de Negishi um garoto que adora músicas românticas e tem o sonho de que uma das músicas dele faça parte de um comercial fofinho. Mas enquanto ele tenta lançar suas músicas lentas e românticas ninguém dá a mínima e ai entra em cena o Krauser com suas músicas sobre estupro, morte e violência que faz com que ele seja amado por todos os metaleiros da cidade. E a melhor parte é ver o Negishi sofrendo com as próprias músicas enquanto ele está disfarçado de Krauser.

É muito engraçada esta série, quem gosta de rir muito vai curtir e também enlouquecer com as músicas malucas que tem no anime.


Rock anime - BeckAno: 2004 a 2005 (anime), 2010 (filme)
Gênero: Música, drama, comédia, slice-of-life, romance
Escrito por: Harold Sakuishi
Direção: Osamu Kobayashi
Musicas: n/d
Estúdio: Madhouse
Episódios: 26 + 1 filme live-action

Quando falamos de animes de bandas de rock com certeza Beck é o primeiro que vem a cabeça de muita gente.

Trata-se de um anime bem original que conta a história de uma banda japonesa formada por cinco jovens. Mas não vá pensando em grandes shows, fama e fortuna. A série mostra as grandes dificuldades pelas quais passam a maioria das bandas que tentam a sorte no Japão (e no mundo). Tanaka Yukio (mais conhecido como Koyuki) é um garoto de 14 que tem uma vida monótona… Pelo menos até salvar um cachorro chamado Beck das mãos de delinqüentes de 10 anos (!?). Por causa disso ele acaba conhecendo Minami Ryuusuke, dono do cão e líder de uma banda de rock. Os dois se tornam grandes amigos. Ryuusuke acaba largando sua banda e pensa em formar uma nova, por isso começa a procurar membros. Os primeiros a entrar são o vocalista Chiba, um cara bem “empolgado” e cheio de energia, e o sério baixista Taira, que estava a procura de uma banda que tivesse uma boa “química”. Os outros membros da banda entram depois. Eles são, logicamente, o Koyuki, que por influência de Ryuusuke começa a ouvir rock e aprender a tocar guitarra, e o baterista Saku, colega de escola de Koyuki, um cara bem calmo e bastante maduro.Se você está procurando algo diferente para assistir, tente dar uma chance a esse anime. Se você for fã de música (e quem não é?), certamente não vai se arrepender. BECK é um anime bem original, com um enredo marcante, trilha sonora de primeira e apresenta alguns dos personagens mais legais já vistos nos animes.


Ano: 2014
Gênero: Música, Slice-of-Life
Escrito por: Nitroplus
Direção: Kenichi Kawamura
Musicas: Go Sakabe
Estúdio: White Fox
Episódios: 12

Um anime feito para a Mascote da Nitroplus, Super Sonico. A história mostra ela tentando equilibrar sua vida como modelo de fotos, cantora e estudante universitária

Tem um pouco de tudo, mas a série se destaca na tentativa de Super Sonico e suas amigas tentando montar uma banda de sucesso e assim como muitos animes musicais, traz um pouco da luta da personagem na tentativa de se sobressair neste meio.


Ano: 2015 / 2016
Gênero: Comédia, Música
Escrito por: Sanrio
Direção: Takahiro Ikezoe
Musicas: Yasuharu Takanashi
Estúdio: Bones
Episódios: 2 temporadas de 12 episódios cada

Metrópolis da música, MIDICITY. Uma menina gato, com roupas de lolita gótica, chamada Cyan, é vista por Arisugawa, o presidente de uma agência de música. Lá, ela conhece Chuchu (um trocadilho fora do som que os coelhos fazem), a menina coelho e aluna de honra, uma menina cão Geek, chamada Retoree, e uma garota ovelha alienígena, chamada Moa. Juntas, elas formam a banda Plasmagica e apontam chegar ao topo do mundo. No entanto, o caminho é longo e difícil, se manter em alto astral é importante. Lutando contra outras bandas estranhas, a Plasmagica cresce lentamente em direção a ser uma banda top-grade. Afinal, será que elas vão ser a banda da força da indústria musical de MIDICITY… talvez?

Para quem gosta de músicas e personagens fofinhas, este é um prato cheio. O anime é baseado de um jogo popular japonês e já possui novos projetos futuros.


Ano: 2017
Gênero: Música
Escrito por: Bushiroad
Direção: Atshushi Otsuki
Musicas: Bushiroad
Estúdio: Xebec
Episódios: 13

Quando criança, Kasumi Toyama sentia seu coração palpitar de emoção toda vez que observava as estrelas, e desde então ela procura sem sucesso por algo mais que inspire esse mesmo sentimento. Um dia, ele encontra numa loja de penhores abandonada uma guitarra em forma de estrela, e finalmente encontra o sentimento que tanto procura. Kasumi decide formar uma banda só de meninas, e acaba encontrando outras quatro garotas: Saya, Arisa, Rimi e Tae. Será que essa banda tem o necessário para alcançar seus sonhos de estrelato?

Já a Bushiroad descreve assim o projeto: O projeto da próxima geração da banda de rock feminino que une personagens com performances ao vivo!
BanG Dream! é um projeto multimídia com vídeos de animação musicais, quadrinhos, versões de canções e muitos mais. Além do mais, as dubladoras para as personagens de BanG Dream! também irão realizar performances reais ao vivo com a banda “Poppin’ Party”.

A Bushiroad conseguiu por no ar um anime que agradou muitos fãs de personagens femininas envolvidas no mundo da música e já tem novos projetos programados para a franquia. Quem viu o anime, aprovou.


Summer 2014 - Bakumatsu RockAno: 2014
Gênero: Música, comédia
Escrito por: n/d
Direção: Itsuro Kawasaki
Musicas: n/d
Estúdio: Deen
Episódios: 12

A história se passa na era Bakumatsu, no final do comando dos shoguns sobre o Japão. O shogunato Tokugawa usa as Canções do Paraíso cantadas pelos principais idols do Shinsengumi para fazer lavagem cerebral e subjulgar o país e seu povo. Neste Japão, escrever ou cantar qualquer música além das Canções do Paraíso é uma ofensa capital. Sakamoto Ryouma e outros roqueiros se levantam para mudar o mundo com o rock‘n roll, lutando pela liberdade e justiça.


Ano: 2006 / 2009
Gênero: Sobrenatural, Slice-of-Life
Escrito por: Nagaru Tanigawa
Direção: Tatsuya Ichihara
Músicas: Satoru Kosaki
Estúdio: Kyoto Animation
Episódios: 26 + 1 Filme

A história tem como narrador o estudante com o apelido de “Kyon”, um garoto do mesmo colégio de Haruhi Suzumiya. Kyon participa ativamente das atividades definidas por Haruhi, uma garota com hábitos excêntricos e que acaba envolvendo Kyon em toda uma miríade de eventos que ele tinha convencido a si mesmo que não existiam. Entre eles podemos citar a existência de viajantes do tempo, alienígenas, pessoas com poderes psíquicos, dentre outras personalidades que o anime mostra. O tema do desenho envolve a rotina escolar, mas buscando uma abordagem de ficção-científica; Se por um lado os estudantes estão jogando uma partida de beisebol, pode haver uso de magia alienígena para ar o resultado; Uma estudante mais velha pode na verdade ser uma viajante do tempo; A depressão de uma garota pode levar o mundo ao caos. É baseado nessa dualidade que A Melancolia de Haruhi Suzumiya se desenvolve.

Eu não poderia esquecer de fazer uma menção honrosa à uma música da seiyuu japonesa Aya Hirano, com a música “God Knows” tocada num episódio da série Suzumiya Haruhi no Yuuutsu (Kyoto Animation, 2006). A canção é uma das mais tocadas em eventos de animes pelo mundo e em animes-rádios:

Versão Live:

Versão do Anime:


Ano: 2017
Gênero: Música, Romance, Shoujo
Escrito por: Ryoco Fukuyama
Direção: Hideya Takahashi
Musicas: Narasaki
Estúdio: Brain’s Base
Episódios: 12 (obra também está ganhando um filme live-action)

A história desenrola-se à volta de Nino, uma menina que adora cantar e que fez uma promessa na sua infância ao seu primeiro amor, Momo, e ao compositor Yuzu que um dia iria encontrar a sua voz. Os três separaram-se mas Nino manteve a sua promessa e continuou a cantar. Passaram-se vários anos e os três voltam a encontrar-se no ensino médio onde Nino é atraída para o mundo dos clubes de música.

Além do romance que envolve a série, a música é o ponto chave que ligam os personagens. Vale a pena conferir e as musicas também são muito boas. Destaque para a seiyuu Saori Hayami que arrasou com sua bela voz nos gritos não-exaustantes da personagem principal.


Ano: 1994 ~ 1995
Gênero: Ação, Militar, Sci-Fi, Música, Drama, Mecha, Shounen, Romance, Aventura
Escrito por: n/d
Direção: Tetsuro Amino
Musicas: Yoko Kanno
Estúdio: Production Reed
Episódios: 49

Macross 7 ocorre 35 anos após Lynn Minmay trazer paz entre a raça de gigantes Zentradi e os humanos. Um jovem cantor e guitarrista chamado Nekki Basara da banda Fire Bomber acredita que sua música possa impedir conflitos como Lynn Minmay e acaba se colocando no meio de um combate entre as forças defensoras da colônia Macross 7 e inimigos desconhecidos. A partir de então Macross 7 se vê sob constante ataques de seres que roubam a “spiritia” das pessoas, deixando-as em estado similar ao de coma. Basara passa a entrar no meio de cada combate contra estas forças desconhecidas, usando sua música como arma.

A parte musical desta animação é um pouco diferente dos outros animes da franquia Macross. Enquanto muitos deles focam em ter idols, esse coloca um banda de rock em segundo plano. Um bom anime dessa clássica franquia para quem gosta de batalhas espaciais.


Ano: 2017
Gênero: Música, Slice-of-Life, Escolar
Escrito por: Sugu Aoyama
Direção: Shinshuke Yanagi
Musicas: Lantis
Estúdio: Project No. 9
Episódios: 12

A “comédia loli” segue Kyō Mekui, um estudante que costuma faltar às aulas devido a um trauma no seu passado. Kyō secretamente cria músicas usando software de síntese vocal como hobby. Três meninas acabaram de entrar para a escola e querem agora que Kyō as ajude a entrar no mundo da música “loli & pop”.

Loli e Rock…. então tá! Para quem está acompanhando os lançamentos dos animes da Temporada de Verão 2017, deve ter se deparado com esta estréia. O que me dá dores de cabeça é ver umas lolis de 10 anos de idade tocarem guitarra e baixo melhores do que eu. Vamos ver se o anime continuará legal, até porque teve um primeiro episódio (exibido até a data dessa matéria) bem legal.


Bom amiguinhos gritantes, vou finalizar o posto por aqui. É claro que além desses animes acima, tem alguns outros que trazem o rock’n roll junto com nossas queridas animações japonesas, por tanto, você pode ficar a vontade para relembrar mais animes que tem um pouco de rock!!!

Ta mas… mas a imagem da capa da matéria tem uma imagem de Love Live, mas Love Live não é anime de rock e sim de idols, o autor endoidou de vez? Não exatamente, mas bem que elas poderiam se encaixar só por causa dessa cena, ou não:

Bom é isso, espero que vocês tenham gostado e se divertido muito com o bom e velho Rock’n Roll que também está presente no mundo dos animes. Agora chame seus amigos, pegue os instrumentos porque hoje é dia de Rock bebe!

Isso é tudo pessoal! Vale lembrar que também estamos abertos para sugestões de matérias para o Quinta-Sama e consequentemente para todo o Anime Xis. Pode mandar suas perguntas, xingamentos e vale presentes através do meu e-mail: rataum@animexis.com.br ou pelo meu twitter: @oluizsama. Você também pode me acompanhar na MyAnimeList e fazer parte do nosso clube lá: Anime Xis Brazil.

E como sempre, para fechar, mudando a pergunta sem intenção de propaganda: Toddy ou Nescau (nem gosto de confusão, não é?!) ?

– Hey Ho! Let’s Go!

– E ai, o que achou? Deixe outras sugestões sobre bandas de rock em animes aqui pra gente! Compartilhe com os amigos e deixe seu comentário!

– Leia outras edições do Quinta-Sama aqui no Anime Xis!

– Mais notícias de animes? Clique neste link!

Não perca nenhuma atualização, siga-nos no Twitter@Anime_Xis InstagramAnime_xis
Conhece nosso Canal no Youtube?
Curtam nossa página no FacebookAnime Xis e entrem no nosso Grupo: Anime Xis!

amazon-mangas

Sobre o autor

Luiz-Sama

Um fã de animes que faz do seu passatempo, seu trabalho. Além de professor de geografia, locutor esportivo, torcedor do São Paulo FC e baixista de banda de rock. Sigam-me no twitter: @oluizsama |Qualquer dúvida estamos aí!