Artigos

{Quinta-Sama} Kyoto Animation X Studio SHAFT

| por:

Postado em: #Animes #Curiosidade #Fãs

Enquanto um estúdio de animação é clássico pelas características moe, o outro é repleto de peculiaridades. Singularidade e sucesso são as palavras-chave!

Eu estava vendo esta semana os dois primeiros episódios de anime Koukufu Graffiti que estreou nesta temporada. Quando dei uma olhada em alguns traços do mangá, achei que ficaria legal se fosse feito pela KyoAni que trabalha com personagens mais moe, até que em algumas cenas do segundo episódio, o estúdio SHAFT, o “SHAFTou”.
Foi dai que resolvi falar um pouquinho deles aqui no “Quinta-Sama”, trazendo um pouco de suas características e peculiaridades em seus trabalhos, que os fizeram ganharem o respeito dos fãs.
Senjougahara - Shiina-san - SHAFT

A esquerda: Senjougahara de Monogatari Series; A direita: Shiina-san de Koufuku Graffiti – ambas SHAFTando e divando!

Diferente de todos os outros estúdios de animação, a Kyoto Animation e o Studio SHAFT fazem trabalhos singulares e épicos. Pode-se perceber em seus animes, os cuidados que o pessoal desses dois estúdios tem ao aplicar a arte e efeitos nos personagens e nos cenários, fazendo que ambos realizem um número menor de animes por ano que outros estúdios como, por exemplo, JC Staff, Production IG e A-1 Pictures.

Vamos conhecer um pouquinho desses dois estúdios de animação:

Kyoto Animation:

Kyoto Animation - logo

A Kyoto Animation, ou KyoAni foi fundada em 1981 por Youko Hatta e tem sua sede localizada em Uji, na província de Kyoto. Tornou-se uma empresa limitada em 1985 e virou uma corporação em 1999. Ela é afiliada ao estúdio Sunrise e também é dona do estúdio Animation Do. Apesar de sua imensa popularidade, a KyoAni só produziu até hoje 16 animes, provavelmente isso ocorre porque os animadores não fazem horas extras, diferentemente de muitas outras empresas da indústria de animes.

Kyoto-animation

Uma das Sedes da Kyoto Animation

Sede da KyoAni em Uji, Kyoto - Japão

Sede da KyoAni em Uji, Kyoto – Japão

Antes de trabalharem em seus próprios animes, a KyoAni trabalhou como colaboradora nas produções de Kiddy Grade, InuYasha, Nurse Witch Komugi, Tenchi Universe, e Generator Gawl.

Em 2003, a Kyoto finalmente laçou seu primeiro anime, o clássico Full Metal Panic? Fumoffu, contendo 13 episódios. Porém, foi quando o estúdio adaptou as visual-novels Air (2005) e Clannad (2006) e Kanon (2006), todas da Key Visual Arts, que realmente ganhou força e a atenção dos fãs por colocar cenários muito bem desenhados, com tons de cores suaves e uma iluminação de encher os olhos de quem vê, fazendo com que este conjunto da obra fosse considerado algo muito superior aos animes produzidos naquela época.

Kyoto Animation - animes

Animes da Kyoto Animation

Este tipo de trabalho foi usado em outros animes que vieram em sequência. Porém, ainda havia espaço para séries com cenários mais simples e personagens que não precisavam de tanto trabalho na arte visual, como são os casos de Lucky Star (2007) e Nichijou (2011).

Um dos recursos visuais em animes produzidos pela Kyoto Animation é o uso muito distinto de padrões de chão, que tem sido usado em todos os seus trabalhos até hoje. Outro detalhe está nos traços das personagens femininas, que ganham automaticamente características moe, não apenas na silhueta do corpo, mas também na personalidade de cada uma delas (claro que isso se deve um pouco aos autores dos mangás e novels). Além disso, olhos grandes, redondos e cheios de brilho sempre chamaram a atenção nas artes de seus personagens. Com o tempo, o tamanho dos olhos e o formato foi diminuindo aos poucos, mas sem perder o brilho característico:

Kyoto Animation - characters

O Estúdio também já lançou 6 filmes em animes: Munto e Munto 2 (2004), Suzumiya Haruhi no Shoushitsu (2010), K-on! (2011), Takanashi Rikka Kai: Gekijô-ban Chunibyou demo Koi ga Shitai! (2013) e Tamako Love Story (2014). Neste ano, o estúdio vai lançar o filme da série de TV Kyoukai no Kanata.

Recentemenete, a KyoAni trabalhou nos animes Free! Eternal Summer (2ª temporada de Free!) e Amagi Brilliant Park (do autor Saji Gatoh, o mesmo criador de Full Metal Panic!) e já anunciou que em Abril lançará o anime Hibike! Euphonium.

SHAFT Inc.:

Shaft logoO Estúdio SHAFT (Yūgengaisha Shafuto) já é um pouquinho mais velho. Foi fundado em 1º de Setembro de 1975 por Hiroshi Wakao, um ex-animador da Mushi Production. Originalmente a empresa foi fundada apenas para pintar as animações e algum tempo depois começou a trabalhar na produção de animações como uma subcontratada. Eles foram capazes de produzir sua primeira série original Yume kara, Samenai em 1987.

Sede do Studio SHAFT em Tokyo, Japão

Sede do Studio SHAFT em Tokyo, Japão

Em 2000, o estúdio cooperou com a Gainax para produzir um DVD especial de Gunbuster remasterizado e após isso, ambos trabalharam em conjunto em mais três trabalhos: Mahoromatic, This Ugly and Beautiful World e He is My Master. Com a aposentadoria de Hiroshi Wakao em 2004, Kubota Mitsutoshi tornou-se diretor representante do SHAFT e fez seu grupo de pintura ser reduzido a fim de fortalecer o seu grupo de artes digitais. Com o fim da parceria com a Gainax, a SHAFT começou a concentrar os seus esforços em adaptações de aclamados mangás e light-novels até que em 2011, conseguiu realizar o seu primeiro anime de produção original em mais de uma década, nada mais nada menos que Puella Magi Madoka Magika (Sim, era uma produção original quando foi lançado o anime).

Puella Magi Madoka Magika

Puella Magi Madoka Magika

Assim como a KyoAni, o SHAFT também tem suas características. Uma delas também são os trabalhos nos cenários, que apesar de muitas vezes serem abstratos, são muito bem iluminados e cheios de cores vivas, chamando a atenção dos fãs (e às vezes os confundem) por trocar várias vezes o ângulo em que a cena está esta sendo apresentada, geralmente acontecendo em meio há um dialogo entre os personagens (em Monogatari Series e Nisekoi se percebe muito isso) ou em apenas um giro na cena.

shaft

Porém, quando se fala em adaptações, percebe-se que os animadores do estúdio buscam preservar os traços originais dos personagens dos mangás e light-novels. Os movimentos da boca, dos olhos e do cabelo também são muito diferentes de animes de outros estúdios, dando a se perceber que foram usados métodos mais trabalhosos e com mais quadros por segundo (FPS).

Outras características mais peculiares ainda são: o uso de vários estilos de animações em uma única série e mudanças na arte, o uso de desenhos abstratos de fundo, uso de músicas incomum e, o principal, a famosa inclinação da cabeça do personagem para trás ao olhar outro personagem, ou simplesmente ao se virar.

SHAFT - head

O jeitinho SHAFT de ser, a arte de inclinar a cabeça para trás… era disso que eu estava falando!

Além de Madoka Magica (2011), o estúdio é mais conhecido por adaptar a série de light-novels de NisiOisin intitulada Monogatari Series, sendo Bakemonogatari (2009), Nisemonogatari (2012), Nekomonogatari (2012), Monogatari Series Second Season (2013), Hanamonogatari (2014) e Tsukimonogatari (2014). Além dessas, destaque para as séries Negima! Magister Negi Magi (2006), Hidamari Sketch (2007 à 2012), Sayonara Zetsubo Sensei (2007), Ef: A Fairy Tale of the Two (2007 à 2008), Maria Holic (2009 e 2011), Dance in the Vampire Bund (2010), Denpa Onna to Seishun Otoko (2011), [email protected] (2013), Nisekoi (2014), Mekaku City Actors (2014) e atualmente está em atividade com Koufuku Graffiti. Para Abril, o estúdio já anunciou a segunda temporada de Nisekoi.

Anime Studio SHAFT

Alguns animes do Studio SHAFT

O estúdio SHAFT também produziu alguns filmes. Além da trilogia de filmes de Madoka Magica, trabalhou também em Kino no Tabi (2007), Mahou Sensei Negima! Anime final (2011) e Kizumonogatari (Sem data de lançamento ainda). Também realizou animações para games como Fate/CCC Extra (2013) e personagens de Super Smash Bros do Wii U e Nintendo 3DS.

A Crônica:

Geralmente, nas listas de animes você pode perceber que quando desses dois estúdios divulgam alguma série, é coisa de 1 anime por temporada apenas, dando-se conta aos cuidados nos trabalhos feitos por eles, sendo que em grande parte, produções maravilhosas que ganham inúmeros fãs e personagens marcantes (vai me falar que você não tem em mente alguma personagem feita por eles dessas séries que foram citadas acima). Com certeza são dois dos estúdios que eu mais gosto de assistir seus trabalhos, assim como a P.A. Works, A-1 Pictures e JC Staff (qualquer dia eu falo deles também).

Kyoto Animation X Studio SHAFT

Infelizmente não consegui pegar dados de gastos e lucros dos animes produzidos por eles, mas tenho certeza que suas produções são um pouco mais caras que outros estúdios.

E vale lembrar mais uma vez daquilo que eu disse em um dos podcasts aqui do site: Enquanto na Kyoto Animation os personagens são moe e com “cara de K-on!”, no estúdio SHAFT eles parecem sofrer de torcicolo:

Shaft - head tilt

Ahhh, tá explicado!

– Artigo produzido originalmente com pesquisas na Wikipedia, MyAnimeList e fóruns.

– E ai, o que achou? Gosta dos trabalhos destes dois estúdios? Compartilhe com os amigos e deixe seu comentário aqui pra gente!

Mais notícias de Animes? Clique neste link!

Sobre o autor

Luiz GP

Luiz é editor dos sites Anime Xis e Revista Mundo OK. Formado em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e um fã de animes e cultura japonesa. Além de professor escolar, já atuou como locutor de web-rádio, fã de esportes (principalmente NFL, NBA, NHL, MLB e ciclismo), torcedor do São Paulo FC e baixista de banda de rock as vezes. Duvidas? Siga-me que eu respondo -> twitter e Insta: @oluizgp