Notícias

Kodansha é a “Top Publisher” do Japão em 2014

| por:

Postado em: #Anúncios #Japão #Livros #Mangás #Revistas

Pelo segundo ano consecutivo, editora japonesa Kodansha foi a que mais vendeu. Kadokawa teve aumento de 109% de vendas em 2014. Confira o mercado em números

Oricon logoA Oricon divulgou no último dia 22 de Janeiro o seu “Annual Market Report”, que pelo segundo ano consecutivo a editora japonesa Kodansha é considerada a “Top Publisher”, ou seja, foi a empresa que mais vendeu em 2014. As vendas da empresa aumentaram 1,9% em relação a 2013, com vendas totais de 101.830 milhões ienes (cerca de US$ 859 milhões). A Oricon relatou que Kodansha tem uma quota de 9,9% do mercado total de livros no Japão.

A curiosidade é que três categorias principais são medidas: A venda de livros regulares, a venda de revistas (bunko) e a venda de mangás compilados. Por incrível que pareça, a Kodansha não lidera nenhuma dessas três categorias.

Depois de fiar em 4º lugar no ranking divulgado em 2013, a Kadokawa ficou em 2º lugar na classificação geral, superando a Kodansha nas categorias citadas. O ano passado marcou o primeiro ano completo desde que a “Kadokawa Group Holdings” se fundiu com outras 9 empresas subsidiárias, formando assim apenas um grupo chamado Kadokawa. Suas vendas mais do que dobraram em relação à 2013, aumentando 109,7%, para ¥ 94360000000 (cerca de US$ 796.750.000,00).

Mangas

Completam a lista das 10 editoras que mais venderam em 2014:

3º – Shueisha (classificado na posição #2 em 2013)

4º –  Shogakukan (classificado na posição #3 no ano passado)

5º – Gakken Publishing (classificado na posição #5 no ano passado)

6º – Takarajimasha (classificado na posição #6 no ano passado)

7º – Shinchosha (classificado na posição #8 no ano passado)

8º – Square Enix (primeira vez no ranking)

9º – Shobunsha Publications Inc. (classificado na posição #10 no ano passado)

10º – Bungeishunju (classificado na posição #7 no ano passado)

O relatório divulgado pela Oricon fez estas analises de vendas no período de 30 de Dezembro de 2013 a 28 de Dezembro de 2014.

Réplicas:

Kodansha logoA Kodansha relatou em receitas fiscais um valor de ¥ 120.272.000.000 (cerca de US $ 1,173 bilhões na época) no ano de 2013, um aumento de 2,0% em relação ao ano fiscal anterior. 2013 marcou para a Kodansha seu primeiro aumento de receitas em 18 anos e seu primeiro aumento de receitas lucrativas em 19 anos. A empresa creditou sua receita e lucro à imensa popularidade global das obras como de Kaizoku to Yobareta Otoko romance de Naoki Hyakuta e Attack on Titan, mangá de Hajime Isayama.

kadokawa logoJá a Kadokawa Group Holding absorveu 9 de suas subsidiárias em Outubro de 2013: Kadokawa Shoten, ASCII Media Works, Kadokawa Magazine, Media Factory, Enterbrain, Chukei Publishing, Fujimi Shobo, Kadokawa Gakugei Shuppan e Kadokawa Production. A empresa disse que a nova estrutura permitirá melhor rentabilidade, fortalecer a marca Kadokawa e desenvolver novas oportunidades de negócios. Anteriormente a Kadokawa Group Holdings já havia se fundido com a ASCII e Media Works, formando assim a ASCII Media Works (empresa dona da marca Dengeki) em 2007.

Mercado em números:

Ainda assim, o mercado de vendas de livros no Japão diminuiu 1% em relação ao ano de 2013, sendo esta uma perca de aproximadamente  1,028 trilhões de ienes (cerca de US$ 8.699 bilhões). O número de livros vendidos totalizou aproximadamente a marca de 1,17 bilhões, ou 97,3% do total de 2013.

O mercado de volumes de mangás compilados, no entanto, subiu para 281,51 bilhões de ienes (aproximadamente US$2.37 bilhões) sendo um aumento de 4,0%. O ano passado foi o segundo ano consecutivo em que as vendas de mangás compilados cresceram, mascando o resultado mais elevado desde que a Oricon começou a postar os rankings anuais em 2008.

Fonte: Oricon

– E ai, o que acha? Compartilhe com os amigos e deixe seu comentário aqui pra gente!

Leia mais sobre Mangás aqui no Anime Xis!

Sobre o autor

Luiz GP

Luiz é editor dos sites Anime Xis e Revista Mundo OK. Formado em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e um fã de animes e cultura japonesa. Além de professor escolar, já atuou como locutor de web-rádio, fã de esportes (principalmente NFL, NBA, NHL, MLB e ciclismo), torcedor do São Paulo FC e baixista de banda de rock as vezes. Duvidas? Siga-me que eu respondo -> twitter e Insta: @oluizgp