Notícias

Japão: Tokyo Comic-Con bane os Crossplays masculinos

| por:

Postado em: #Cosplays #Eventos #Japão #Moda #Preview

Em contrapartida, regra não afeta mulheres que se vestem de homens. Essa decisão inesperada surpreendeu uma fotografa que trabalha com Crossplay no Japão.

Por ser no Japão, esta é uma coisa que eu praticamente jamais veria acontecer novamente, se tratando de eventos ao público. A Tokyo Comic-Con, versão japonesa da Comic Con International: San Diego, em um gesto surpreendentemente inesperado decidiu banir a pratica de crossplays do sexo masculino. A regra foi listada nas diretrizes oficiais do evento, junto com outras proibições como uniformes militares realistas, excesso de exibição de pele e vestimentas transparentes.

Esta proibição particular é visada apenas para homens vestidos como personagens do sexo feminino, coisa que é muito comum nos eventos do Japão (quem acompanha os eventos aqui no Anime Xis, basta recordar de fotos do AnimeJapan, Comiket ou Wonder Festival). O detalhe que a mesma regra não se aplica ao contrario, ou seja, não se aplica para mulheres fazendo cosplays de personagens masculinos.

crossplay-image

A prática de se vestir como um personagem de um gênero diferente é conhecido em Inglês como “crossplay”, sendo o cross vindo de “cross-dressing”.

De acordo com Naoko Tachibana, uma fotografa que trabalha em eventos no Japão e constituiu sua carreira fornecendo serviços para o público LGBT, afirmou que infelizmente esta regra especificamente destinada aos homens é surpreendentemente comum no Japão e que se destina a passar uma melhor imagem dos eventos.

No Japão, no entanto, ao passo que  do sexo feminino para masculino crossplay é tanto universalmente aceite e incrivelmente popular, a maioria dos grandes eventos proíbem os participantes do sexo masculino de se vestirem como personagens femininos.

Presumivelmente, isso é porque os organizadores temem que o salão de eventos será inundado com homens de meia-idade em uniformes de estudantes e outras esquisitices maioria que a maioria pessoas não querem ver, no entendimento deles. Porém, Naoko argumenta que essa preocupação é equivocada e que nos dias de hoje, homens crossplayers são uma força visual para ser contada.

“Independentemente do sexo, cosplay é sobre a transformação, a razão pela qual ele apresenta tanta possibilidade de fazer um cross-dressing”, diz ela. “Mesmo se você é um cara normal, não há nada para se sentir envergonhado de tentar fazer um cosplay feminino!”

Até há alguns anos atrás, os crossplayers costumavam sendo proibidos inteiramente no Japão, até um evento em Osaka que foi realizado num edifício do governo, porém, os moradores locais foram capazes de suspender esta proibição.

Se você ainda acha estranho, sugerimos que você confira a galeria abaixo, que contém algumas das melhores fotos crossplay do sexo masculino para feminino de Naoko. Achamos que você vai concordar que também merecem uma chance no centro das atenções assim como as inúmeras mulheres que se vestem personagens masculinos.

Abaixo, algumas fotinhos:

Modelo: Iori Endani

Modelo: Nariki

Modelo: Kou Yamada

kou-yamada-01

Modelo: Komo

Modelo: Kanaharu Nakane

kanaharu-nakane-01 kanaharu-nakane-02

Modelo: Mio Ogura

mio-ogura-01 mio-ogura-02

Realmente, é uma decisão estranha e tomara que os organizadores do Tokyo Comic-Con volte atrás, afinal todos merecem se divertir. O evento acontece em 03 e 04 de Dezembro, no Makuhari Messe, em Chiba.

Se quiser conhecer mais os trabalhos da fotografa, siga ela no twitter: @taiyodo_boss

Fonte: RocketNews24

  • E ai, o que acha? Decisão estranha? Compartilhe com os amigos e deixe seu comentário aqui pra gente!

Confira outros eventos clicando neste link!

Não perca nenhuma atualização, siga-nos no twitter: @Anime_Xis
Conhece nosso 
Canal no Youtube?

Curtam nossa página no Facebook: Anime Xis e entrem no nosso Grupo: Anime Xis!

Sobre o autor

Luiz GP

Luiz é editor dos sites Anime Xis e Revista Mundo OK. Formado em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e um fã de animes e cultura japonesa. Além de professor escolar, já atuou como locutor de web-rádio, fã de esportes (principalmente NFL, NBA, NHL, MLB e ciclismo), torcedor do São Paulo FC e baixista de banda de rock as vezes. Duvidas? Siga-me que eu respondo -> twitter e Insta: @oluizsama