Notícias

Anime TV Mahou Shoujo Site vira possível alvo de criticas no Japão ao BPO

| por:

Postado em: #Animes #Fãs #Japão #TV

Mesmo o anime Mahou Shoujo Site não sendo citado, fãs fazem queixas ao BPO sobre anime com Bullying, violência sexual e agressões e, outros animes já estiveram na lista.

A série em Anime TV de fantasia sombria, Mahou Shoujo Site (Magical Girl Site) provavelmente está sendo o mais recente assunto de queixas publicadas pelo grupo japonês Broadcasting Ethics and Program Improvement Organization (BPO)A queixa, publicada na página de comentários de Abril de 2018, menciona um programa de anime que inclui “agressão a estudantes do ensino médio e violência sexual” e afirma que o anime inclui uma cena que encoraja o bullying”. A denúncia afirma que tais representações poderiam reafirmar atos criminosos cometidos por menores e como um programa que vai ao ar na radiodifusão pública, o conteúdo deixa os espectadores desconfortáveis.

Em números, foram feitas 677 reclamações sobre o anime Mahou Shoujo Site, sendo 70% das reclamações vieram de fãs do sexo masculino (acredite), 28% de fãs do sexo feminino e 2% se identificaram como ”outros’‘. Embora o anime seja exibido na TV aberta, as transmissões dele no Japão são feitas durante a madrugada, tanto os episódios inéditos como suas reprises.

Com animação do estúdio Production doA, Mahou Shoujo Site estreou em 06 de Abril. No enredo, a personagem principal Aya Asagiri é submetida a vários incidentes de violência e agressão sexual ao longo do primeiro episódio.

Além das reclamações do anime, foram publicados em Abril, comentários e reclamações sobre a cobertura da acusação de que Tatsuya Yamaguchi, ex-integrante do grupo de idols Tokio Idol, cometeu um ataque indecente a uma garota do ensino médio e comentários do ministro das Finanças japonês, Taro Aso, sobre o recém renunciado vice-ministro das Finanças Junichi Fukuda de assédio sexual.

Como as reclamações anteriores ao BPO, o título exato do trabalho de anime não é mencionado. O BPO publica regularmente reclamações sobre animes. Uma queixa provavelmente sobre o Mestre Roshi em Dragon Ball Super foi publicada no ano passado. Naquele mesmo ano, uma queixa sobre um anime de “conteúdo sexual extremo” pode se referir ao anime ecchi Sin Nanatsu no Taizai (Seven Mortal Sins).

De volta ao anime, Mahou Shoujo Site também foi recentemente removido do site de streaming chinês Youku. As pesquisas de cache do Google mostram que o site hospedou o anime até o quarto episódio, mas não está mais disponível para transmissão no Youku. Os sites de streaming chineses foram “punidos” no passado por hospedar séries animadas que contêm violência e pornografia. As regulamentações na China que começaram em 2015 exigem que sites de vídeo busquem aprovação para transmitir mídia estrangeira e sites que não o fizerem serão proibidos de transmitir qualquer mídia.

Ainda na China, o site de streaming iQIYI removeu temporariamente o DARLING In The FRANXX e Slow Start na última temporada, mas eles foram posteriormente adicionados à plataforma depois que as edições foram feitas para DARLING in the FRANXX. De acordo com a Sina, a divisão do governo chinês encarregada da cultura da Internet ordenou que os sites removam mais de 279.000 vídeos de anime.

O BPO publicou queixas relacionadas a animes incluem críticas a um beijo em Kuzu no Honkai, uma cena no Detective Conan em que sushi é comido do corpo de uma mulher, uma cena da masturbação em Osomatsu-san, uma cena envolvendo “sugestão de comer bananas” em Youkai Watch, a violência em Mobile Suit Gundam: Iron-Blooded Orphans e os personagens principais de PriPara sendo mostrados em trajes de banho no final.

Outros animes que receberam reclamações publicadas pela BPO no passado incluem OwarimonogatariShimonetaChibi Maruko-chanGintamaKantai Collection, Yu-Gi-Oh! Arc-V, Nanatsu no TaizaiAkame ga KILL!, Shigatsu wa Kimi no UsoHunter x HunterBlood-CFullmetal AlchemistSchool DaysMagiHigurashi no Naku Koro niPokémon e NANA.

Isso é tudo por enquanto, mas nossa central de animes vai continuar acompanhando o desenrolar dessa história.

Imagem relacionada

– Meu anime saiu fora do ar por reclamações ao BPO, bora fazer um textão nas redes sociais criticando todo mundo!

Hmmm, das duas, uma: Ou tem muita gente pagando de haterzinho na internet ou os otaquinhos enfadonhos não estão de agrado com os conteúdos que estão no ar. Assim como novelas e filmes, tem animes de todos os tipos e para todos os gostos e, há cenas em Mahou Shoujo Site que realmente são um pouco pesadas, mas se não lhe agrada, deixa para quem goste. Na minha opinião, ao invés de reclamar, desliga a TV, o celular, o computador, liga o rádio e leia um bom livro!

A página da queija do BPO pode ser vista aqui: https://www.bpo.gr.jp/?p=9509

Fontes: Yaraon!, ANN

  • E ai, o que acha? Tem muita gente reclamando de mais ou há alguma razão nisso? Compartilhe com os amigos e deixe seu comentário aqui pra gente.

– Mais notícias de Animes? Clique neste link!

Não perca nenhuma atualização, siga-nos no Twitter@Anime_Xis InstagramAnime_xis
Conhece nosso Canal no Youtube?
Curtam nossa página no FacebookAnime Xis e entrem no nosso Grupo: Anime Xis!

amazon-mangas

Sobre o autor

Luiz GP

Luiz é editor dos sites Anime Xis e Revista Mundo OK. Formado em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e um fã de animes e cultura japonesa. Além de professor escolar, já atuou como locutor de web-rádio, fã de esportes (principalmente NFL, NBA, NHL, MLB e ciclismo), torcedor do São Paulo FC e baixista de banda de rock as vezes. Duvidas? Siga-me que eu respondo -> twitter e Insta: @oluizsama