Notícias

Anime TV Mahou Shoujo Site vira possível alvo de criticas no Japão ao BPO

| por:

Postado em: #Animes #Fãs #Japão #TV

Mesmo o anime Mahou Shoujo Site não sendo citado, fãs fazem queixas ao BPO sobre anime com Bullying, violência sexual e agressões e, outros animes já estiveram na lista.

A série em Anime TV de fantasia sombria, Mahou Shoujo Site (Magical Girl Site) provavelmente está sendo o mais recente assunto de queixas publicadas pelo grupo japonês Broadcasting Ethics and Program Improvement Organization (BPO)A queixa, publicada na página de comentários de Abril de 2018, menciona um programa de anime que inclui “agressão a estudantes do ensino médio e violência sexual” e afirma que o anime inclui uma cena que encoraja o bullying”. A denúncia afirma que tais representações poderiam reafirmar atos criminosos cometidos por menores e como um programa que vai ao ar na radiodifusão pública, o conteúdo deixa os espectadores desconfortáveis.

Em números, foram feitas 677 reclamações sobre o anime Mahou Shoujo Site, sendo 70% das reclamações vieram de fãs do sexo masculino (acredite), 28% de fãs do sexo feminino e 2% se identificaram como ”outros’‘. Embora o anime seja exibido na TV aberta, as transmissões dele no Japão são feitas durante a madrugada, tanto os episódios inéditos como suas reprises.

Com animação do estúdio Production doA, Mahou Shoujo Site estreou em 06 de Abril. No enredo, a personagem principal Aya Asagiri é submetida a vários incidentes de violência e agressão sexual ao longo do primeiro episódio.

Além das reclamações do anime, foram publicados em Abril, comentários e reclamações sobre a cobertura da acusação de que Tatsuya Yamaguchi, ex-integrante do grupo de idols Tokio Idol, cometeu um ataque indecente a uma garota do ensino médio e comentários do ministro das Finanças japonês, Taro Aso, sobre o recém renunciado vice-ministro das Finanças Junichi Fukuda de assédio sexual.

Como as reclamações anteriores ao BPO, o título exato do trabalho de anime não é mencionado. O BPO publica regularmente reclamações sobre animes. Uma queixa provavelmente sobre o Mestre Roshi em Dragon Ball Super foi publicada no ano passado. Naquele mesmo ano, uma queixa sobre um anime de “conteúdo sexual extremo” pode se referir ao anime ecchi Sin Nanatsu no Taizai (Seven Mortal Sins).

De volta ao anime, Mahou Shoujo Site também foi recentemente removido do site de streaming chinês Youku. As pesquisas de cache do Google mostram que o site hospedou o anime até o quarto episódio, mas não está mais disponível para transmissão no Youku. Os sites de streaming chineses foram “punidos” no passado por hospedar séries animadas que contêm violência e pornografia. As regulamentações na China que começaram em 2015 exigem que sites de vídeo busquem aprovação para transmitir mídia estrangeira e sites que não o fizerem serão proibidos de transmitir qualquer mídia.

Ainda na China, o site de streaming iQIYI removeu temporariamente o DARLING In The FRANXX e Slow Start na última temporada, mas eles foram posteriormente adicionados à plataforma depois que as edições foram feitas para DARLING in the FRANXX. De acordo com a Sina, a divisão do governo chinês encarregada da cultura da Internet ordenou que os sites removam mais de 279.000 vídeos de anime.

O BPO publicou queixas relacionadas a animes incluem críticas a um beijo em Kuzu no Honkai, uma cena no Detective Conan em que sushi é comido do corpo de uma mulher, uma cena da masturbação em Osomatsu-san, uma cena envolvendo “sugestão de comer bananas” em Youkai Watch, a violência em Mobile Suit Gundam: Iron-Blooded Orphans e os personagens principais de PriPara sendo mostrados em trajes de banho no final.

Outros animes que receberam reclamações publicadas pela BPO no passado incluem OwarimonogatariShimonetaChibi Maruko-chanGintamaKantai Collection, Yu-Gi-Oh! Arc-V, Nanatsu no TaizaiAkame ga KILL!, Shigatsu wa Kimi no UsoHunter x HunterBlood-CFullmetal AlchemistSchool DaysMagiHigurashi no Naku Koro niPokémon e NANA.

Isso é tudo por enquanto, mas nossa central de animes vai continuar acompanhando o desenrolar dessa história.

Imagem relacionada

– Meu anime saiu fora do ar por reclamações ao BPO, bora fazer um textão nas redes sociais criticando todo mundo!

Hmmm, das duas, uma: Ou tem muita gente pagando de haterzinho na internet ou os otaquinhos enfadonhos não estão de agrado com os conteúdos que estão no ar. Assim como novelas e filmes, tem animes de todos os tipos e para todos os gostos e, há cenas em Mahou Shoujo Site que realmente são um pouco pesadas, mas se não lhe agrada, deixa para quem goste. Na minha opinião, ao invés de reclamar, desliga a TV, o celular, o computador, liga o rádio e leia um bom livro!

A página da queija do BPO pode ser vista aqui: https://www.bpo.gr.jp/?p=9509

Fontes: Yaraon!, ANN

  • E ai, o que acha? Tem muita gente reclamando de mais ou há alguma razão nisso? Compartilhe com os amigos e deixe seu comentário aqui pra gente.

– Mais notícias de Animes? Clique neste link!

Não perca nenhuma atualização, siga-nos no Twitter@Anime_Xis InstagramAnime_xis
Conhece nosso Canal no Youtube?
Curtam nossa página no FacebookAnime Xis e entrem no nosso Grupo: Anime Xis!

amazon-mangas

Sobre o autor

Luiz GP

Um fã de animes de olho nas notícias de animes e que gosta Dragon Ball e animes musicais. Além de professor de geografia, narrador esportivo, fã de esportes (principalmente NFL, NBA, NHL, MLB e ciclismo), torcedor do São Paulo FC e baixista de banda de rock as vezes. Duvidas? Siga-me que eu respondo -> twitter e Insta: @oluizsama

  • wendel

    mas que frescura em. esse povo não deve ter coisa melhor pra fazer não.
    eu tava planejando fazer piada mas isso ai é tão ridículo que vou nem fazer.

  • Akemi

    Isso é ridículo, não é por possuir um conteúdo um pouco mais pesado ou trabalhar com determinados tipos de temas mais complicados de serem abordados que vão influenciar as pessoas a fazerem coisas erradas, isso varia de pessoa pra pessoa. Se sente desconfortável assistindo? É só não assistir! Tem pessoa que gosta disso e nem por isso é doente de sair por ai imitando aquilo que viu. Existe muita coisa pior por ai e os caras vem se preocupar com isso, bando de gente fresca com mente fechada é mais triste que irritante.

  • 以色列 ゴメス

    ( ” Assim como novelas e filmes, tem animes de todos os tipos e para todos os gostos e, há cenas em Mahou Shoujo Site que realmente são um pouco pesadas, mas se não lhe agrada, deixa para quem goste.” )

    Poisé mano, tem umas cenas que são meio assim, mas na minha opinião tá de boa… eles deveriam reclamar de animes super lolicon, que mostram atos sexuais com meninas que parece terem 8 anos e alguns animes enchi/hentai que chegam até a mostrar estrupo.

  • 3.333

    Que palhaçada, na onde Mahou Shoujo Site é mais violento que Jojo? não é….japonês é escroto

    • Mas Mahou Shoujo Site é sim, bem mais violento do que JoJo.
      Tem umas cenas bem degradantes que ainda não passaram no anime inclusive.

      Claro, não que isso justifique essa perseguição com o Mahou Shoujo Site.

  • Isso é um assunto complexo que não devemos simplificar. Temos no mínimo 5 fatores de estudo por trás disso.

    1) Cultural: A cultura japonesa tem repulsa mais forte a utilização de sangue e violência explícita do que a cultura ocidental, tem até uma coluna do answerman que uma questão é por que os animes ecchis tem censura nos EUA e os de violência não, ele explica que o sangue é comum na cultura cinematográfica americana, já os in 6º no ocidente são inaceitáveis, e até a 1º ou 2º guerra mundial eram costumeiros nos japão (sim alguém no ann perguntou se tem isso ainda no japão). Mahou Shoujo Site nos EUA acho não chegaria a passar de madrugada, seria em horário noturno.

    2)Psicologia sobre formação de personalidade: Isso é importante de pesquisar antes argumentar se influência ou não quem assiste, tem várias vertentes diferentes, por isso eu não abordo, é muito simplista dizer que sim ou não, cabe aos produtores avisarem o conteúdo da obra (creio que eles fazem isso), a tv também, claramente faz isso, e a família e a próprio espectador terem a noção do certo e errado.

    3) Tradição da animação: Uma grande revolução nos games de terror foram a utilização de vilõesmonstros humanizados, o choque visual de você ter um “humano” maligno era maior do que você ter um monstro cheio de chifres. Será que essas pessoas que denunciaram não estão acostumadas com animações bonitinhas e fofinhas, estilo disney, estilo moe, e se surpreenderam com a violência?, vermos atores trintões no cinema é uma coisa, mas vermos personagens fofinhas que parecem crianças indefesas é outra. Talvez por isso a maioria dos denunciantes sejam homens, se os tops da temporada, vemos que o público masculino normalmente opta por idols, moes e shounens. Com mais obras do gênero, ou com maior costume do público, provavelmente a repulsa diminuiria.

    4) Liberdade de expressão x apologia: Isso é algo que a gente sempre tem de levar em consideração, liberdade de expressão não significa que você possa fazer o que quiser, se você usa isso pra ofender alguém, a profissão de alguém, incentivar estupro, preconceito, e etc.já tá errado, no caso de mahou shoujo site não vejo isso. Apologia é incentivar ou defender algo, se você mostrar uma obra em que uma personagem é abusada e se apaixona pelo abusador, ou com um protagonista assediador que salva o mundo, ou ganha poder por causa do assédio isso é apologia, já se você mostra o sofrimento da vítima de bullying, os danos psicológicos, mentais e físicos dela, a luta para tentar seguir em frente, não é apologia.

    5) Dicotomia com relação a animes: Quando se trata de animes aparentemente não tem meio termo, ou é o fã incondicional que tenta provar que os nanatsus, dxds, bikini warriors e etc. tem boas histórias e não são só fanservice. ou a pessoa que vê como uma obra masculina, opressora, sexista, incentivadora de todos os males, essa divisão é horrível, cabe a quem é fã de animes parar de defender animes indefensáveis, ofender produtores de animes, stalkear as idols, fazer campanha pró ou contra certo anime isso é péssimo pra visão do público em geral e só aumenta a dicotomia, cabe a nós valorizarmos melhor os animes bons e simplesmente deixar não mencionarmos os péssimos, e abandonarmos o fanatismo.

    Outros pontos de análise seriam: moralismo x falso moralismo , público alvo, objetivo do autor, são coisas que eu já falei muito no discord.

  • Como meu comentário sumiu, vou repetir.
    Esse é um assunto que não cabe abordagem simplista, tem no mínimo 5 fatores para analisarmos.

    1) Diferença cultural: Pra gente do ocidente cenas com sangue e violência são normais, para os japoneses não, eles tem mais repulsa. No ann tem uma coluna do answerman que alguém pergunta porque os animes de violência explícita não são censurados nos EUA e os ecchis são, e ele responde algo parecido com isso. Se pensarmos bem Mahou Shoujo site seria exibido a noite e não de madrugada nos EUA. A classificação indicativa no Brasil seria mais 16 no máximo. Por outro lado os in 6º são mais comuns no oriente que no ocidente, os orientais passaram a considerar isso por volta da época das guerras mundias (alguém perguntou isso também)

    2)Tradição dos animes: A grande revolução dos games de terror, foi terem trocados vilões monstruosos por vilões com aparência humana, porque o choque visual e a lembrança que podem existir assassinos desse nível na realidade assustaria mais. No caso de mahou shoujo site é uma animação que foge dos padrões, a maioria das pessoas tem a visão da Disney de final feliz coisas fofas, moe e etc. O choque de ver uma personagem fofinha, em idade escolar assassinando é maior do que um filme americano de um trintão indo pra guerra. Talvez por isso os reclamantes na sua maioria foram do gênero masculino, normalmente o top animes dos homens japoneses são de idols , shounens e moe, mahou shoujo site foi uma ruptura grande no costume deles, talvez com o tempo acostume.

    3) Psicologia da personalidade: Se o anime influencia ou não, é algo que não posso opinar, pra isso teria de ler várias teses de psicologia, cada vertente defende um processo de moldagem de personalidade diferente. A única coisa que podemos analisar é se os produtores fizeram a parte deles? Sim, não mentiram o gênero do anime. A tv fez a parte dela? Sim, colocou num horário correspondente. Cabe as famílias controlarem seus filhos para não assistirem, se considerarem perigoso e cabe aos telespectadores lembrarem que tudo é ficção.

    4) Liberdade de expressão x Apologia: São dois fatores que viraram muleta, liberdade de expressão não dá direito pra ofender alguém, denegrir alguma profissão ou incentivar sexismo, preconceito, antissemitismo e etc, pessoalmente não vejo mahou shoujo site fazendo nada nesse sentido. Apologia perdeu o sentido, você mostrar algo não significa fazer uma apologia, tem diferença grande entre mostrar uma cena de estupro em que a personagem se apaixona pelo estuprador, uma cena em que o protagonista ganha poder assediando, que quem salva o mundo é um assediador. e o caso de mahou shoujo site que me lembra shigofumi, para uma em que se mostra o bullying, o sofrimento que a vítima passa, os danos psicológicos, mentais e físicos da mesma, e a luta constante em tentar superar essa trauma (que pra mim é mais uma advertência do que uma apologia)

    5) Dicotomia: Os animes não são ainda como os filmes, os animes são vistos com extremidade, por um lado quem ama, e defendem até mesmos os nanatsus, os bikini warriors da vida, dizendo que são pela história, não são sexistas. E os que odeiam que acham que são coisas de criminosos e representam as desvirtudes do mundo, que quem gosta é fracassado e etc. As atitudes dos ditos fãs que ameaçam produtores, ofendem pessoas que não gostam do seu anime, defendem determinado animes como se fossem filhos, personagens e etc. só atrapalha a aceitação dos animes. Cabe a gente agirmos com moderação e paciência.

    Poderia falar também da questão do moralismo, do propósito dos autores , do preconceito, mas isso já falei muito no discord.

  • Iago Zoaldyeck Friedrich Hamur

    Qual é a cena de Beijo em Kuzo no Honkai? o Beijo gay? Vamos japas, tá na hora de se atualizar em!!!

  • Pingback: Mahou Shoujo Site: Mangá continuará "um pouco mais", segundo o autor » Anime Xis()