Notícias

SAO: Alicization Lycoris, Produtor diz que cena de agressão sexual do anime não será mostrada no game

| por:

Postado em: #Animes #Games #Japão #Preview #Vídeos

Jogo vai retratar as cenas do anime Sword Art Online: Alicization, mas a equipe do jogo preferiu não adicionar a polêmica cena de abuso sexual.

O produtor do jogo Sword Art Online: Alicization Lycoris, Yosuke Futami, confirmou ao site Anime News Network que o jogo não mostrará diretamente a polêmica cena de agressão sexual mostrada no décimo episódio do anime de TV SAO Alicization. A representação do anime é amplamente considerada o episódio mais gráfico e violento da série até hoje. Futami afirmou que, embora o contexto ao redor da cena seja altamente importante para o desenvolvimento da trama e do personagem e seja retratado fielmente no jogo, o ato real de agressão sexual não será mostrado visualmente. O resultado da cena é apresentado no novo trailer do game da Bandai Namco Entertainment para o jogo, que foi apresentado no Tokyo Game Show no sábado.

O criador original do Sword Art Online, Reki Kawaharacomentou sobre a cena de agressão sexual depois que ela foi exibida no anime em dezembro 2018. Ele pediu desculpas às dubladores das personagens Ronie e Tiese por colocá-los em uma experiência tão intensa e observou que a representação do anime é mais extrema do que as novels originais. Ele também explicou que o uso de agressão sexual como trama veio de suas primeiras influências como autor e twittou: “Hoje em dia eu preferiria expressar a catarse por outros meios. Se fosse uma cena absolutamente necessária para a história, eu escreveria mas preferiria fazer isso em um livro que não é uma light-novel”.

Sword Art Online: Alicization

Screenshot da cena em questão, onde as personagens Ronie e Tiese são abusadas sexualmente de um dos personagens do anime.

O décimo episódio de Sword Art Online: Alicization teve edições adicionais de conteúdo nos serviços de streaming CrunchyrollFunimation e Hulu, baseados nos Estados Unidos . No entanto, a plataforma de streaming da Aniplex na França, Wakanim, não o fez. Embora as duas versões apresentem barras negras sobre cenas violentas e sexuais, como é normal na transmissão de anime no Japão, a versão nos serviços dos EUA teve algumas mudanças em uma cena de tentativa de estupro. Alguns cortes de animação nesta cena foram removidos e outros foram ampliados para que menos seja visível. A Funimation confirmou com a ANN que sua versão se originou do licenciante, Aniplex. Crunchyroll se recusou a comentar sobre esta questão específica, mas disse que não censura o conteúdo diretamente dos licenciadores.

A equipe do jogo também esclareceu como a história do jogo se relaciona com a história do anime. O jogo segue a mesma história básica do anime Sword Art Online: Alicization. No entanto, ele não segue a mesma rota do arco do anime Sword Art Online: Alicization – War of Underworld, que será lançado em Outubro 2019. Em vez disso, ele se ramificará nesse ponto em sua própria rota de jogo. A equipe consultou Reki Kawahara, que queria um jogo que descrevesse o enredo original, pelo menos no primeiro semestre. O jogo também contará com a personagem original Medina, que aparecerá antes que a história geral do jogo se ramifique do anime.

O game Sword Art Online: Alicization Lycoris que será lançado para Playstation 4XBox One e PC via Steam.

Confira ao último trailer do jogo revelado:

Visual do game:Sword Art Online: Alicization

O site do jogo descreve Medina como filha do chefe da nona geração da família Orthinanos. Embora ela geralmente seja calma, ela se torna mais beligerante na batalha. A fim de limpar a desonra do nome de sua família, ela vai em uma missão para se tornar mais forte.

A Bandai Namco Entertainment America descreve o jogo, que será o primeiro em que “os jogadores poderão acompanhar fielmente os eventos da série de anime”:

Jogue como protagonista da série, Kirito e mergulhe no “Underworld”, um misterioso mundo virtual ambientado no arco de Alicization da série de anime. Apresentando batalhas épicas, visuais impressionantes do JRPG e um mundo expansivo para explorar; A jornada de Kirito pelo mais recente jogo Sword Art Online está pronta para começar.

Após os eventos da série de anime Sword Art Online: Alicization , Sword Art Online: Alicization Lycoris encontra Kirito em um misterioso mas familiar mundo virtual, “Underworld”, onde os IAs se comportam como seres humanos. À medida que os jogadores assumem o controle de Kirito, eles reviverão cenas emocionantes da série através de combate intenso. Os jogadores também encontrarão personagens favoritos dos fãs, incluindo Eugeo, Alice, Administrador e muitos outros. Um vasto mundo aguarda Kirito e seus amigos nesta emocionante adaptação à série Sword Art Online: Alicization.

A terceira temporada da adaptação das novels de Reki Kawahara em Anime TV Sword Art Online: Alicization estreou nas TVs japonesas em Outubro de 2018 indo ao ar até Março 2019. A sequencia intitulada Sword Art Online: Alicization – War of Underworld vai estrear em Outubro, na Temporada de Outono 2019. A série está adaptando todo o “Alicization Arc” das novels originais.

Sword Art Online: Alicization

Além desse game, a Bandai Namco vai lançar um novo game RPG para smartphones iOS e AndroidSword Art Online: Alicization Braiding.

Por enquanto isso é tudo, mas a nossa central de animes continuará atenta para novidades.

Fonte: ANN

– Mais notícias de games? Clique neste link!

– Mais notícias de Animes? Clique neste link!

Não perca nenhuma atualização, siga-nos no Twitter@Anime_Xis InstagramAnime_xis
Conhece nosso Canal no Youtube?
Curtam nossa página no FacebookAnime Xis e entrem no nosso Grupo: Anime Xis!

Sobre o autor

Luiz GP

Luiz é editor dos sites Anime Xis e Revista Mundo OK. Formado em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e um fã de animes e cultura japonesa. Além de professor escolar, já atuou como locutor de web-rádio, fã de esportes (principalmente NFL, NBA, NHL, MLB e ciclismo), torcedor do São Paulo FC e baixista de banda de rock as vezes. Duvidas? Siga-me que eu respondo -> twitter e Insta: @oluizgp