Notícias

Prontos para viajar? Associação de Anime Turismo anunciou os locais notáveis de peregrinação para 2020

| por:

Postado em: #Animes #Anúncios #Fãs #Japão

Em coletiva de imprensa, uma influenciadora chinesa e os prefeitos de Tonosho e Komatsu apresentaram relatos favoráveis da importância do Anime Turismo.

Associação de Turismo de Animes revelou sua lista de locais de peregrinação de animes em 2020 em uma entrevista coletiva na terça-feira (30/10). Os resultados são baseados em uma pesquisa conduzida no site da Associação de Turismo Anime de Junho a Setembro deste ano. Apesar de ter se batizado em homenagem aos 88 Templos de Peregrinação do Shikoku, a lista tem 111 locais que serviram como bases para criação de animes e 26 instituições / eventos relacionados a anime. 88 locais de peregrinação - Anime Turismo

A lista deste ano apresenta mais de 12 novas adições, listadas abaixo:

Hakodate, Hokkaido (Love Live! Sunshine!!)
Aizuwakamatsu, Fukushima (Hulaing Babies)
Local próximo da estação Waseda na linha Toden-Arakawa, Tóquio (BanG Dream!)
Taito, Tóquio (Sarazanmai)
Chofu, Tóquio (GeGeGe no Kitarou)
Fujisawa, Kanagawa (Just Because!)
Komatsu, Ichikawa (Girly Air Force)
Nagoya, Aichi (Yatogame-chan Kansatsu Nikki)
Sakaiminato, Tottori (GeGeGe no Kitarou)
Tonoshō, Kagawa (Karakai Jouzu no Takagi-san 2)
Fukuoka, Fukuoka (Hakata Mentai! Pirikarako-chan)
Nagasaki, Nagasaki (Iroduku Sekai no Ashita kara)

A Associação revelou estatísticas da pesquisa indicando a popularidade do projeto de Anime Turismo no exterior. Para a lista de 2018, 60% dos eleitores eram de fora do Japão. A porcentagem aumentou para 75% na pesquisa de 2019. Para a lista de 2020, o percentual caiu para 63%.

Os cinco principais territórios estrangeiros representados na pesquisa de 2020 foram China, Hong Kong, Taiwan, Estados Unidos da América e Tailândia. Em 2019, a Coréia do Sul estava no top 5, mas, para a pesquisa de 2020, caiu para o número 15. As recentes tensões políticas entre a Coréia do Sul e o Japão podem estar relacionadas à queda repentina no interesse de viagens. Por outro lado, os países ocidentais têm desfrutado de maior representação, com os Estados Unidos, o Reino Unido e o Canadá todos no top 10.

Uma proporção maior de eleitores relatou ter visitado os locais nos quais estavam votando. Por exemplo, na pesquisa de 2019, 39% dos eleitores de Taiwan disseram ter visitado os locais, enquanto na pesquisa de 2020, a porcentagem aumentou para 63%. A porcentagem de eleitores japoneses que disseram ter visitado os locais aumentou de 70% para 88%.

Associação de Anime Turismo

O fã e influenciadora de peregrinação de anime chinês Ruǎn Ruǎn Bīng apareceu no evento como um convidado para dar uma ideia da comunidade de peregrinação de animes chineses. Ela disse que o povo chinês não costuma acampar, e que o anime Yurucamp o inspirou a acampar pela primeira vez. Ela também compartilhou fotos de sua recente viagem à cidade de Tonoshō, na província de Kagawa, que foi apresentada em Karakai Jouzu no Takagi-san 2.

Yurucamp

O prefeito de Tonoshō falou sobre como o anime impulsionou o turismo na área. Ele revelou que, a princípio, as pessoas nesta pequena cidade não sabiam muito sobre Karakai Jouzu no Takagi-san, mas chegaram a saber disso através de todos os visitantes que chegavam por causa do anime. O prefeito da cidade de Komatsu, Shinichi Takemura, mencionou que o anime Girly Air Force triplicou o número de visitantes que a cidade normalmente recebe graças a este projeto de Anime Turismo.

O conceito de peregrinação de “88 locais” é baseado na peregrinação dos 88 Templos de Shikoku, a rota de peregrinação budista mais famosa do Japão. A Associação de Turismo de Anime foi fundada em 2016 como uma parceria entre Kadokawa e várias empresas de turismo e viagens. Seu objetivo é atrair turistas, tanto do Japão quanto de países estrangeiros e apoiar projetos de revitalização regional em todo o Japão.

A lista de 2018 foi criticada on-line por sua falta de transparência sobre o processo de seleção interna e as diferenças inexplicáveis ​​entre os títulos que os fãs votaram e o que chegou à lista final. Michael Vito, um fã americano de peregrinação de animes e escritor de viagens, argumentou que muitos dos trabalhos mais votados que são da Kyoto Animation e da P.A. Works foram descartados em favor de títulos em que Kadokawa tinha participação financeira. Tsuguhiko Kadokawa, presidente da Kadokawa Corporation e da Associação de Turismo de Anime, disse que no ano passado houve alguma dificuldade em obter os direitos liberados com todos os proprietários de Propriedade Intelectual em um curto espaço de tempo, mas alegou que eles foram capazes de corrigir essa questão para a lista de 2019.

A lista completa dos resultados de 2019 pode ser acessada aqui (link em japonês).

Nota do Editor: Se você esteve em algum ligar que serviu como base para algum anime, mande uma foto para gente e, se você for viajar para o Japão, não esqueça de colocar estes locais em seu roteiro.

Fonte: ANN

– Confira outras matérias referentes ao Anime Turismo aqui no Anime Xis!

– Mais notícias de Animes? Clique neste link!

Não perca nenhuma atualização, siga-nos no Twitter@Anime_Xis InstagramAnime_xis
Conhece nosso Canal no Youtube?
Curtam nossa página no FacebookAnime Xis e entrem no nosso Grupo: Anime Xis!

Sobre o autor

Luiz GP

Luiz é editor dos sites Anime Xis e Revista Mundo OK. Formado em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e um fã de animes e cultura japonesa. Além de professor escolar, já atuou como locutor de web-rádio, fã de esportes (principalmente NFL, NBA, NHL, MLB e ciclismo), torcedor do São Paulo FC e baixista de banda de rock as vezes. Duvidas? Siga-me que eu respondo -> twitter e Insta: @oluizgp