Artigos

Testei e gostei: Kodansha VR LAB me fez interagir com as idols virtuais!

| por:

Postado em: #Brasil #Curiosidade #Eventos #Games #Opinião #Produtos #Vídeos

Eu fui parar dentro de um mundo que é o sonho de todo otaku. O Kodansha VR LAB me proporcionou uma experiência bem divertida e interessante!

Olá pessoal!

Hoje estou postando um artigo de uma experiência que eu participei durante o Anime Friends 2019 em Julho. Trata-se do Kodansha VR LAB. Como vocês podem já imaginar, é um sistema de realidade virtual que, através de um óculos-visor próprio, sistema de som dedicado e controles, te colocam dentro de um ambiente no qual você pode interagir. 

Beleza, mas o negócio foi em Julho e SÓ AGORA em Novembro você está publicando? É porque eu achei que tinha perdido o texto e as fotos daquele dia. Se vocês gostarem, cliquem no coraçãozinho ♥ em cima na página para ajudar nosso site em nossas métricas.

No sábado, 13 de Julho deste ano participei do teste do Kodansha VR Lab, um dispositivo de realidade virtual que te coloca dentro de um ambiente e te faz interagir com tudo que tem lá. A empresa Kodansha VR Lab (um dos braços da famosa editora Kodansha) esteve no Anime Friends 2019 em São Paulo, trazendo essa incrível novidade.

As pessoas participaram de uma história virtual e puderam ler o primeiro episódio do Mangá “Hop Step Sing” dentro do jogo! Além disso, o presidente da Kodansha Lab, que é um dos idealizadores do jogo, também esteve ao #AF2019 para participar de uma palestra sobre o jogo e as novidades da realidade virtual no Japão.

Anteriormente, eu havia testado num BGS há alguns anos atrás o Playstation VR e o dispositivo VR da Samsung. Eu já havia achado incrível pois no do Playstation ele te colocou dentro de um robô no qual você participava de batalhas e andava por todo o cenário.

Como vocês sabem, eu não sou fotogênico, mas aqui tem um pouquinho de como eu estava parecendo um besourão com esses óculos na cara e os controladores em mãos:

Eu já sabia que não iria ficar bonito mesmo….

 

Neste da Kodansha VR Lab, você tem dois controladores que ficam um em cada mão e captam seu movimento e um óculos e fones de ouvido que fazem todo o trabalho de ambientação. Vocês devem imaginar se eu apanhei para pegar prática com os controles? Sim, um pouco, mas não é lá um bicho de sete cabeças.

O inicio do teste foi feito em duas fases, a primeira seria como um aprimoramento para você se adequar aos comandos. Você é colocado dentro de um cenário do VR Idol Star Project “Hop Step Sing” onde há três garotas idols bem bonitinhas que dançam e voam o cenário todo.

Elas te fazem tocar nas mãos delas, apertar botões, usar tablet, acenar e as vezes se elas se atrapalham e derrubam coisas em você e, elas pedem desculpas ainda.

Abaixo, você confere um pouquinho de como funciona esse primeiro teste (claro, neste vídeo não sou eu jogando):

E o negócio e tão bem feito que realmente elas parecem estar ao seu lado ou próximo de você cantando, dançando e interagindo (as vezes dava até medo delas chegarem tão perto que parecia que se você se movimenta-se involuntariamente, você iria derruba-las). Isso sim seria o sonho de qualquer otaku no mundo real  e para quem tem alguma timidez, vai sentir isso bem a fundo, pois sempre elas estão olhando para você nos olhos e te fazendo tocar em objetos que elas levam até você.

Na segunda fase, eu fui colocado em um ambiente diferente, um quarto onde há uma garota brincando com um bambolê e vários objetos expostos, como ursos de pelúcias, brinquedos, tablets, computador, abajur e muito mais. Esta garota é Mikasa, a loirinha do Hop Step Sing! No momento que fiz o teste ela estava de pé num canto com seu bambolê, mas tem vez que ela pode estar sentada no sofá desenhando ou usando o seu computador.

Você usando os controles, pode caminhar pelo ambiente, agarrar e locomover objetos, tocar na menina (muitas vezes eu atrapalhava ela e derrubava o seu bambolê) e o mais legal, era possível pegar o tablet para ler um mangá e a prancheta de desenho para ver as artes que ela fez.

Aqui você vê um pouco de como é este ambiente:

As pessoas que estavam no evento podiam ver em um monitor o que eu estava vendo, claro, sem toda a realidade virtual. Ver com detalhes as mesmas coisas, posicionamento das personagens, dos objetos e a interação, era apenas quem estava com o dispositivo.

Isso mostra que este negócio de realidade virtual e realidade aumentada está cada vez mais presente em nosso dia-dia. Eu realmente gostei do que vi e acredito que nos próximos eventos, isso vai começar a ficar bem mais presente para quem quiser experimentar. Ainda está muito longe de ser um NeverGear de Sword Art Online que faz você viver dentro de um outro mundo, mas quem sabe não estão indo para esta direção.

Claro, muitos destes dispositivos já se encontram a vendas no comercio para usuários normais como você possa um dia adquirir. Usuários normais como eu ainda estão meio longe de adquirir esse brinquedo!

Para quem quiser conhecer mais, basta visitar o site do Kodansha VR Lab clicando neste link.

Se você também participou desse experimento, deixe nos comentários o que achou?


– Se você também ideias de matérias, artigos e reviews, entre em contato conosco aqui no site ou através de nossas redes sociais [Facebook – Twitter – Instagram]. Por favor, também não esqueçam de clicarem no Coraçãozinho vermelho ♥ lá no alto da página para sabermos o alcance dessa publicação.

  • E ai, o que acha? Gostou do Kodansha VR LAB ? Compartilhe com os amigos e deixe seu comentário aqui pra gente!

– Confira outros Artigos aqui no Anime Xis!

– Mais notícias de Animes? Clique neste link!

Não perca nenhuma atualização, siga-nos no Twitter@Anime_Xis InstagramAnime_xis
Conhece nosso Canal no Youtube?
Curtam nossa página no FacebookAnime Xis e entrem no nosso Grupo: Anime Xis!

Sobre o autor

Luiz GP

Luiz é editor dos sites Anime Xis e Revista Mundo OK. Formado em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e um fã de animes e cultura japonesa. Além de professor escolar, já atuou como locutor de web-rádio, fã de esportes (principalmente NFL, NBA, NHL, MLB e ciclismo), torcedor do São Paulo FC e baixista de banda de rock as vezes. Duvidas? Siga-me que eu respondo -> twitter e Insta: @oluizgp